segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Aprendendo com os erros

Por que é tão fácil por a culpa no outro?
Por que é tão difícil reconhecer um erro?
Por que é tão fácil dizer: você errou?
E por que é tão difícil falar: eu errei?
Deve ser por que já estamos acostumados a mascarar nossos defeitos e exaltar nossas qualidades. Muitas vezes ficamos cegos diante de nossas ações, não conseguimos perceber que estamos errados, e sempre é o outro que precisa mudar. Há casos em que pessoas tentam nos alertar, mas é sempre difícil aceitar que é você que está errando. Quando o outro chega e te diz: “para pra pensar, você esta errado”, isso não significa que ele quer te diminuir ou mostrar que é melhor do que você, pelo contrário, quando alguém abre seus olhos está demonstrando que realmente se importa com você e quer te ver bem. Agora só depende de você ouvir os conselhos e tentar ser melhor.
Não pense que é fácil admitir um erro, isso exige um exame de consciência, por que você nunca vai saber onde e como errou se não analisar suas ações.Acredite, no momento em você se abre a reflexão de seus atos e percebe onde falhou, é notória a sensação de leveza, e nesse momento torna-se muito mais fácil dizer: eu errei. A partir daí você passa a ver o mundo de maneira diferente, pensa antes de agir e é claro faz o possível para não cometer o mesmo erro novamente.
Mas não comece a achar que só por que você errou será julgada por toda a vida,
erros são esquecidos,
erros são perdoados,
e é sempre bom lembrar que todo mundo erra,
afinal os erros também  fazem parte da vida,
 e reconhecê-los é sinal de coragem.

Saiba que as grandes pessoas são aquelas que fazem do erro um aprendizado.

terça-feira, 29 de novembro de 2016

A vida


São diversas as situações que passamos na vida:
Momentos felizes e fases doloridas.
Acontecem coisas que nunca imaginamos passar
E tudo tem sua hora e seu lugar.
Momentos difíceis vem pra nos dizer:
Lute!  Você é forte, e pode vencer.
Nas situações alegres vem a comprovação
Para todo problema existe uma solução.
A vida não é fácil, e você tem que saber
A cada novo dia tudo pode acontecer.
Toda ação que realizamos tem um efeito
E cada pessoa faz as coisas do seu jeito.
Se temos um objetivo corremos atrás para conquistar
E mesmo que seja difícil não deixamos de sonhar.
Então a vida é isso:
É pular, é correr, é fazer acontecer…
É acreditar,é insistir, é ter motivos para sorrir.
A vida também é amar, é uma surpresa que não cansa de nos presentear.
E de uma coisa não podemos esquecer:

É difícil, mas a VIDA É VIVER.

terça-feira, 8 de março de 2016

Fim de semana diferente

Nesse último fim de semana, entre os dias 4 e 6, tive uma incrível experiência. Participei em Coqueiros- comunidade da cidade de Maragogipe- do III  Encontro de Mística e Espiritualidade realizado pela Pastoral da Juventude (PJ) do Recôncavo baiano. Com o tema " Resistência, Mística e Amor", o encontro proporcionou á vários jovens das cidades vizinhas um aprendizado enorme sobre a nossa Igreja Católica e as mudanças que ocorreram dento dela para que se tornasse uma "Igreja pobre, para os pobres".



                                   
   
                   


Com a participação de pessoas de Santo Amaro, Cachoeira, São Félix, Muritiba, Mangabeira, Cabaceiras, Cruz das Almas, Sapeaçu e Maragogipe que representaram seus grupos de base, fizemos uma maravilhosa viagem cheia de conhecimento entre as cidades de Belém, Nazaré, Betânia, Samaria, Emaús e Jerusalém, aprendendo em cada uma delas a importância e significados de ações como: acolhimento, amizade, respeito, perdão, reconhecimento e amor. Um dos momentos que mais me tocou foi o momento mariano, em que nós rezamos juntos a Virgem Maria por nossos grupos, coordenadores, familiares, e principalmente contra o extermínio de jovens que cada dia cresce mais em nosso país. Foi um momento único e principalmente incrível.




Tive a oportunidade de conhecer pessoas novas, e o que pude perceber é a força de vontade que nós jovens possuímos (me incluo nisso rsrs) e a esperança que temos de ver um mundo melhor, porque apesar de todas as dificuldades que enfrentamos há sempre aquele brilho no olhar e a força em Cristo que nos ajudam a seguir em frente, rezando do nosso jeito jovem pjoteiro e lutando por quem realmente necessita: os pobres e oprimidos.

.

sábado, 16 de janeiro de 2016

Saudade

O coração aperta quando ela vem
Abraça-me forte como ninguém
E o meu interior ela invade
Quem será que inventou a saudade?
Vem trazendo muitas lembranças
Traz-me também esperanças
Saudade que bate aqui dentro
E não para nenhum momento
Saudade que gera tristeza
E quebra minha fortaleza
Saudade que me consome
Saudade que tem um nome
Saudade que insiste em doer
E eu não tenho pra onde correr
Mas sei que só vou melhorar
Quando puder te abraçar
Saudade, infinita saudade
Que traz a fragilidade
Deixa-me tão emotiva
Criando expectativa
Lágrimas escorrem o rosto
Lembram-me do enorme desgosto
Que sinto por não te ver

Que saudade de você ...

quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Tá na hora da mudança

Nunca imaginei que iria morar longe da minha família tão cedo, mas, por causa da faculdade esse momento foi antecipado. Quando comecei a fazer jornalismo tive que me mudar para São Félix, confesso que não achei uma boa ideia porque apesar de conhecer a cidade não me imaginava morando aqui, mas como não dava pra voltar pra casa todos os dias tive que ficar.  No inicio foi um pouco difícil, já estava acostumada a ver algumas pessoas todos os dias e não vê-las pra mim era estranho, sentia falta da liberdade da zona rural. Por outro lado, a cidade foi muito receptiva comigo, pessoas me receberam de braços abertos e eu me senti muito bem acolhida.



Hoje, com praticamente 3 meses que mudei pra cá posso dizer que estou adorando a cidade, está sendo ótimo conhecer a fundo São Félix e Cachoeira. São duas cidades bem ricas em diversidade, tenho muito a aprender por aqui. Apesar de ser estranha a sensação de morar longe da família, é bom eu aprender a me virar sozinha afinal nem sempre vou tê-los ao meu lado. Enfim, acho que a minha mudança vai trazer muitas coisas boas pra mim, e acrescentar e muito no meu conhecimento. O bom é que nos fins de semana eu volto pra casa então posso matar a saudade da família e dos amigos é claro.

sábado, 9 de janeiro de 2016

Bem vindos ao meu mundo


Resolvi criar coragem e vergonha na cara pra deixar a preguiça de lado e fazer o meu primeiro post do blog, contando o motivo dele ter sido criado. Bom, há alguns meses ingressei no curso de Jornalismo e está sendo uma experiência maravilhosa, tenho ótimos colegas e professores muito competentes. Um desses professores nos incentivou a criar um blog como trabalho pra nota. Confesso que no início não sabia o que fazer,  sobre o que falar, estava totalmente confusa. Apesar de ter várias ideias, não sabia como colocar em prática. Meus colegas, a maioria criaram seus blogs, todos com muita criatividade e ideias maravilhosas, e eu estava ali, tentando decidir sobre qual assunto falar.

Sempre gostei muito de escrever (esse é um dos motivos pelo qual entrei pra jornalismo), e um dia olhando minhas anotações, textos e pequenos poemas, resolvi então que o meu blog falaria sobre minhas emoções. Vou falar sobre o que sinto, o que me alegra, o que me aflige, minhas preocupações, metas e sonhos, enfim vou falar de mim.




Falarei através de poemas, textos e frases, falarei através do meu coração.